Giro: Janeiro de 2016

7 de janeiro de 2016

Janeiro é um mês morno no futebol, mas não é por isso que deixam de haver notícias mundo a fora. Por isso, confira o nosso giro internacional no planeta bolapé:

Partida Índia x Nepal pela SAFF Cup

Partida Índia x Nepal pela SAFF Cup

  • A seleção da Índia foi a vencedora da Copa do Sul da Ásia de 2015, torneio bienal que reúne oito seleções. A final foi disputada no último dia 3 de janeiro no país e a seleção local venceu o Afeganistão por 2 a 1 na prorrogação, conquistando seu sétimo título. O torneio também marcou a despedida do time afegão, que mudou-se para a (sub-) Confederação da Ásia Central (CAFA).
  • A equipe haitiana Perles Noires não avançou para a 2ª fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2016. O time terminou em último lugar em seu grupo, com derrotas para o Juventos, América-MG e São Caetano. No entanto, este foi apenas o primeiro campeonato dos Pérolas Negras, que entrarão na 3ª divisão do campeonato carioca este ano, com sua filial brasileira.
  • O Ranking da FIFA praticamente não teve alterações no Top 40 em sua nova edição de janeiro. A Bélgica continua na primeira posição, seguida pela Argentina, Espanha, Alemanha, Chile, Brasil e Portugal (em sétimo). Destaque para a seleção de Cabo Verde, que se manteve na 39ª posição, sendo uma das melhores equipes africanas.

 

Anúncios

CAN 2013: Estreante Perigoso

18 de novembro de 2012

A classificação para CAN 2013 colocou a seleção de Cabo Verde entre a elite do futebol africano. Após conquistar a tão sonhada vaga na principal competição  continental, contra a forte seleção de Camarões, os tubarões azuis esperam agora surpreender mais uma vez, com uma boa campanha no torneio.

No que depender dos adversários sorteados para enfrentar os cabo-verdianos, a possibilidade de vitória existe e é grande: África do Sul, Marrocos e Angola, embora sejam seleções tradicionais, ocupam atualmente posições inferiores a Cabo Verde no ranking da Fifa, tornando a seleção do oeste da África um perigoso adversário.

O recente amistoso contra Gana, em Lisboa, no qual perdeu por apenas 1 a 0, com um gol no segundo tempo, mostra que Cabo Verde pode enfrentar de igual para igual as forças do continente. A confiança é imensa e, a julgar pelo o que vem mostrando até aqui, não seria nenhuma zebra a equipa conquistar belas vitórias na sua primeira CAN.


Lusófonos no caminho de Serra Leoa

29 de abril de 2012

Até 2011 fora das cem primeiras posições do ranking da Fifa, a seleção de Serra Leoa viveu um período de ascenção no último ano, ocasionado principalmente pelo bom desempenho nas Eliminatórias para CAN 2012. Embora não tenha se classificado para a competição, o time do oeste da África enfrentou de igual para igual gigantes do continente como Egito e África do Sul,  subindo mais de 60 posições no ranking entre Dezembro de 2010 e Janeiro de 2012.

Após o empate oxo com os sulafricanos na última rodada do qualificatório continental, a seleção enfrentou Angola em um amistoso no começo deste ano, perdendo por 3 a 1. Mas a maior surpresa ainda estava por vir, a inesperada derrota por 2 a 1 para São Tomé e Príncipe, no primeiro jogo das Eliminatórias para CAN 2013. O jogo de volta acontece em 15 de Junho em Freetown, onde os insulares jogam pelo empate para se classificar.

No entanto, antes disso, os serraleoneses estreiam nas Eliminatórias da Copa 2014 contra outro time de língua portuguesa, Cabo Verde, que também vive um período de ascenção no continente.  As duas seleções medirão forças no dia 1 de Junho para ver quem larga na frente em um grupo equilibrado, com a também ascendente Guiné Equatorial e a tradicional Tunísia.

Qual dos 4 estarão no Brasil em 2014, só poderemos saber em Outubro de 2013, no final do qualificatório para o mundial. Mas, a julgar pelo recente retrospecto de Serra Leoa contra times lusófonos, a disputada inicial não será nada fácil.


Fifa divulga penúltimo ranking do ano

23 de novembro de 2011

Fifa divulgou nesta quarta-feira (23/11) o penúltimo ranking de seleções de 2011. Após um mês cheio de partidas das Eliminatórias da Copa 2014, além de amistosos e jogos para torneios continentais, como a Eurocopa, o ranking trouxe algumas alterações e muitas novidades.

No Top 10, onde a Espanha permanece no #1, a principal mudança foi a entrada da Croácia, na posição #8, e a subida da Inglaterra para o #5 , o que fez o Brasil cair para #6.

Entre as maiores subidas no ranking estão a da República Tcheca, na posição #33 (+15), que se classificou para Eurocopa 2012 após bater Montenegro, que caiu para #51 (-12).

Já a seleção de Cabo Verde (#57) atingiu este mês a sua melhor colocação na história e se aproxima do Top 50.  Em inverso, a Bulgária chegou ao pior lugar em sua história, caindo mais 10 posições e ficando no #85.

Grande parte das boas subidas no ranking foram de seleções do Caribe, por conta das partidas das Eliminatórias para 2014, como Antigua e Barbuda no #83 (+7), Granada no #106 (+10), Porto Rico no #107 (+31) e Bermudas no #109 (+23).

Outra grande subida foi a do Líbano no #111 (+35), após vencer a Coreia do Sul (#32) nas Eliminatórias. Mas a grande novidade deste ranking encontra-se entre as últimas posições, com a volta da seleção de São Tomé e Príncipe, que estava fora da lista há anos e voltou a disputar partidas oficiais, empatando com o Congo (#131) em 1 a 1 no último dia 15 e aparecendo no ranking na posição #192.

O último ranking do ano, com a premiação das seleções melhores seleções e as que mais evoluiram será divulgado em 20 de Dezembro.


Angola classifica-se para CAN 2012

8 de outubro de 2011

A sorte estava do lado da seleção angolana na última rodada das eliminatórias da CAN 2012. Necessitando vencer a Guiné-Bissau, na casa do adversário, e ainda torcer por um empate ou derrota de Uganda frente à seleção do Quênia, os palancas negras comemoraram a classificação após o resultado de 2 a 0, a favor, em Bissau, e 2 a 2 em Kampala, capital ugandense. Com isso, Angola terminou em primeiro no grupo J e estará no próximo torneio continental.

A mesma sorte não teve a seleção de Cabo Verde, que apesar de ter vencido o Zimbábue por 2 a 1 e contado com o empate de 2 a 2 entre Libéria e Mali, viu a última terminar em primeiro no grupo A, pelo saldo de gols. Para adicionar mais drama, os cabo-verdianos ficaram em terceiro na classificação geral dos segundos colocados, onde os 2 primeiros garantiriam vaga. Assim, os tubarões azuis viram sua primeira participação na CAN escorrer pelas mãos, apesar da campanha inédita ao longo das eliminatórias.

Quem também não estará no Gabão em 2012 é a seleção da África do Sul, que apenas empatou em 0 a 0 com Serra Leoa e viu o Níger terminar em primeiro no grupo G, mesmo com a derrota por 3 a 0 contra o Egito.

Gana, Zâmbia, Guiné, Líbia e Tunísia também garantiram presença na próxima Copa africana nesta última rodada.


Cabo Verde sobe 10 posições no ranking da FIFA

24 de agosto de 2011

A seleção de Cabo Verde subiu 10 posições no ranking da Fifa de Agosto, editado nesta Quarta-Feira (24). Os tubarões azuis, como são chamados, passaram da 82ª para 72ª posição na tabela, estando à frente de seleções fortes da África, como a Zâmbia e o Botsuana, que já está classificado para a próxima CAN.

No ranking da zona africana, a seleção lusófona subiu 5 posições, estando agora entre as 15 melhores seleções do continente. Cabo Verde jogará uma partida decisiva no próximo dia 2 de Setembro contra a seleção do Mali e pode assegurar a sua classificação para a CAN 2012.

Entre as outras seleções africanas de língua portuguesa, Angola (96ª) e Moçambique (99ª) subiram ambas 4 posições no ranking mundial. A seleção da Guiné-Bissau subiu 1 posição e ocupa o distante 150º lugar. São Tomé e Príncipe ainda permance fora do ranking, por não disputar partidas oficiais desde 2003.


Seleções Lusófonas conhecem adversários nas Eliminatórias

31 de julho de 2011

Com o sorteio realizado ontem, no Rio de Janeiro, ficaram definidos os confrontos da primeira e segunda fase das Eliminatórias africanas para a Copa do Mundo 2014.

A seleção de Cabo-Verde, atualmente a melhor das 5 seleções lusófonas do continente, caiu em um grupo relativamente fácil, com Serra Leoa e Tunísia, além de Madagascar ou Guiné Equatorial.

Angola, outra seleção que tinha vaga direta para fase de grupos, caiu no equilibrado Grupo J, com Senegal e Uganda, além de Libéria ou Ilhas Maurício.

Das seleções lusófonas que terão que disputar a primeira fase, Moçambique foi quem teve a maior sorte: enfrentará a seleção do arquipélago de Comores. Já a Guiné-Bissau terá pela frente a seleção do Togo, no embate mais forte desta fase. Por fim, a seleção de São Tomé e Príncipe marcará o seu retorno aos campos, depois de 8 anos inativa,  em dois jogos contra o Congo, esperando não repetir o vexame das Eliminatórias para Copa 2006, quando perdeu de 8 a 0 para a Líbia.

Já na Europa, a seleção de Portugal, atual 7ª melhor do ranking da Fifa, enfrentará Rússia, Israel, Georgia e Finlândia por uma das vagas diretas do continente na Copa. O Brasil, país anfitrião do torneio, está automaticamente classificado, e fará a partida de abertura em 12 de Junho de 2014. Quem sabe não será contra um dos países acima.